Seja bem vindo (a)

Pretendo aqui; mostrar meus trabalhos, minhas vontades, meus desejos,
algumas lembranças, outros fatos, enfim; divulgar e trocar idéias.
Esse
trabalho é um início, poderá ser meu meio, meu durante e o meu pra
sempre.
Espero que apreciem minhas idéias.

bjs

até sempre

26 de dez de 2009

Meu Quarteliê

Agora a customização é da Editora On line...

... mas a ordem da origem do produto não altera os fins; ou seja; continua sendo sacola reutilizável.
a inspiração eu tirei daqui:
e essa foi pra Recife... ocheeeee menina!!!! foi sim!!!! pra mãe da Thais Miranda... aquela; de onde originam os produtos.
esse retângulo é bolso

+ saga

e agora; azul marinho

e é da Adriana Carvalho

Continuando a saga das sacolas customizadas

Essa "era" a da Editora Globo, como a mostrada em outro post. Agora é da Dimi.


o risco do gatinho eu peguei da Vera


História da Capa da Minha Máquina

Comprei essa sacola no Pão de Açúcar, fazia um tempo, mas ela não é prática para carregar compras; não gostei. Comecei a usá-la para cobrir minha máquina, nossa cabia direitinho. Mas... como assim... casa de ferreiro não pode ser de pau. Resolvi dar um jeito nela e transforma-la em uma verdadeira capa para máquina.

Tinha comprado a revista abaixo, há algum tempo atrás. Foi dai que saiu a inspiração.

Ficou assim:

18 de nov de 2009

E vejam só

A parede nova; e azul!!! azul da cor do mar.
Quadrinhos feitos com decoupáge.
artista: Naná Daki

11 de out de 2009

então...

... depois de jogar algumas coisas fora; pois ainda tem muito a se jogar; resolvi por cor na casa. Pintar uma parede, pintar os móveis, dar vida e alegria.
Mostrarei aos poucos, os passo-a-passos.

Esta é a parede da sala de jantar/computador. Toda tímida, pois não parece, mas ela tem cor diferente das outras paredes. Sim; tem sim. Olha ali um pedacinho do teste de cor.

Agora; chega de timidez!!!!!! Vamos colocar cor ai.

Parede com 1a. mão de tinta. Azul Pelourinho, bem forte e vivo como as cores usadas pra pintar as construções tombadas do Pelourinho em Salvador.
Olha ae De Lira; do que você está se livrando. Não gosta de pintar parede????? Também tá perdendo o strognoff da Naná... especialidade da casa... rs
Rosi!!!!!! Se anima, vamos por cor no mundo, a começar pela nossa casa.
Essa é outra parte da sala a ser mudada.
Enquanto a tinta azul Pelourinho seca, vamos pintar madeira. As prateleiras, quadrinhos para a parede, bandeja para decoração e junto com tudo isso a minha mão também... rs
Putz!!!! olha ai... a Nikita não pode ver um jornal no chão!!!!!!!! Jornal pra ela é sinonimo de banheiro... caramba!!!!! Essa cachorra não tem nenhum problema renal; sorte dela.
Olha a Nikita ai, inspecionando a cor da parede e a bagunça. Bom vamos lá; já dei a 2a. mão de tinta. Agora é só aguardar secar, pra ver se não falhou nada.
até...

23 de set de 2009

Aniversário

Hoje é aniversário da minha filha Lívia. São 16 anos.
Parabéns filha, tudo de muito bom pra você,
TE AMUUUUUU!!!!!

19 de set de 2009

Thaís Miranda

Gente; a Thaís Miranda é uma menina Pernambucana, de Recife, que veio pra São Paulo em busca do seu sonho; trabalhar em agência de publicidade. Pois é; ela trabalha comigo. É uma menina muito gente boa, escandalooosaa e verdadeira. Então; essa menina que tá longe dos pais, me adotou, assim como a outros colegas... digamos... um pouco mais experientes; como seus pais, até de mainha ela me chama. Trabalhando na mídia, tem contato com editoras e recebe revistas a serem enviadas aos clientes. Mudando um pouco de assunto; olhem só; até as editoras estão deixando de lado as sacolas plásticas, é isso aí!!!
Como a Tatá (é assim que eu a chamo), recebe muitas; e ela é uma menina muito gentil; cedeu algumas pra mim.

Eu; já puxando meu lado criativo; pensei e pensei; vou custumizar essa sacola!!! Dar um "UP" nela... reforçar... alegrar...

então; ela ficou assim:

Detalhe do fuxico.
E essa bolsa tem um fundo, sim, feito com embalagem longa vida e colocado em um bolso feito por dentro da sacola. Esse fundo que já veio com a sacola, é de papelão, mas eu troquei pela embalagem longa vida, foi uma dica muito legal da amiga Rosana.

Obrigada Tatá e a Editora Globo também.

Jogando fora

"Eu hoje joguei tanta coisa fora
Eu vi o meu passado passar por mim
Cartas e fotografias gente que foi embora.
A casa fica bem melhor assim..."
Tendo a Lua - Herbert Vianna; Tet Tillett
Depois do balde, veio a limpeza. Jogar coisas fora, coisas materiais, coisas espirituais, coisas da cabeça, esvaziar a mente, ver a vida de outra forma, enfim; seguir em frente. A limpeza foi geral, ampla; porém restrita. Sabe como é né; sempre tem muita "coisinha" que a gente ou não quer ou não consegue jogar fora, mas enfim a gente tenta. A limpeza faz bem pra alma, renova, abre espaço pro novo. Passamos a ver a vida de uma nova forma, com mais leveza, mais pureza, mas felicidade, com sensação de frescor. Bom... aqui vou eu, continuando a limpeza, seguindo meu caminho, recolhendo o lixo, colocando cor na casa e na vida; ou seja; vivendo.

START

Inicio esse novo blog com este post que dispensa qualquer tipo de post.
.
.
.
p.s.: balde gentilmente cedido pela amiga Margarete Lopes